Preenchimento GPS


Atualizado em
29 Junho 2000

 

A Guia da Previdência Social - GPS  pode ser impressa através da rede Internet, adquirida no comércio, ou confeccionada pelo próprio interessado, desde que atendidas as especificações.

Alguns bancos debitam as contribuições em conta-corrente. Se o contribuinte  optar por esta forma de pagar suas contribuições, o banco fica obrigado a fornecer-lhes extratos ou recibos de quitação das contribuições pagas, sempre que solicitado, pelo contribuinte.

Como preencher a GPS?
A GPS deve ser preenchida em duas vias: a 1ª Via é destinada ao INSS, a 2ª Via, ao segurado contribuinte.

Campo 1 - Nome/fone/endereço completo do contribuinte.
Campo 2 – Não preencher.
Campo 3 – Código do Pagamento:- Informar o código de contribuinte individual:

CÓDIGO

ATIVIDADE

1007

 Contribuinte Individual (recolhimento mensal)

1104

 Contribuinte individual (recolhimento trimestral )

1120

 Contribuinte Individual com dedução 45%( recolhimento mensal)

1147

 Contribuinte Individual com dedução 45% ( recolhimento trimestral)

1406

Facultativo (recolhimento mensal)

1457

Facultativo ( recolhimento trimestral)

1600

Empregado Doméstico (recolhimento mensal) (*)

1651

Empregado Doméstico (recolhimento trimestral)

1503

Segurado  Especial (recolhimento mensal)

1554

Segurado Especial (recolhimento trimestral)

(*)  Em se tratando de Empregado Doméstico o recolhimento das contribuições é de      
       responsabilidade do Empregador.

O contribuinte  que contribuir sobre o valor de um salário mínimo pode optar pelo recolhimento trimestral das contribuições ao INSS.

Campo 4 – Competência:

Preencher com o: mês (dois algarismos) e ano (quatro algarismos);

No caso de opção pelo recolhimento trimestral, registrar o último mês do trimestre (março, junho, setembro ou dezembro) e recolher até o dia 15 do mês seguinte.

Campo 5 – Identificador:

Preencher com a identificação do contribuinte no NIT ou PIS/PASEP.

É fundamental que o número esteja correto e legível, caso contrário, a GPS não será aceita pela rede bancária;

Não é válido neste campo número do CPF.

Campo 6 – Valor do INSS:

Lançar o valor obtido pela aplicação da alíquota sobre o valor do salário-de-contribuição.

Campo 7, Campo 8 e Campo 9 – Não preencher.

Campo 10 – Atualização Monetária/Multa/Juros:

Preencher em caso de recolhimento fora do prazo de vencimento.

Sobre as contribuições em atraso devidas nos períodos após 04/1995 há incidência de atualização monetária, juros de mora e multa. (para contribuinte individual ).

Atualização Monetária: Nos períodos a partir de 01.1995 não há incidência de atualização monetária.

Juros de Mora: Nos períodos a partir de 04.1995: deve-se aplicar sobre o valor originário, a taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e Custódia - SELIC.

No mês do vencimento e no mês do pagamento aplicar juros de 1%.

Se houver meses intermediários, aplicar a taxa SELIC.

Multas: Para pagamento de períodos a partir de 04.1997, aplicar a tabela:

Multas para recolhimento espontâneo, em atraso

SITUAÇÃO

PAGAMENTO (%)

PARCELAMENTO (%)

No mês do vencimento

4,0

4,8

No mês seguinte ao vencimento

7,0

8,4

A partir do 2º mês seguinte ao do vencimento.

10,0

12,0

As contribuições em atraso devidas até 03/1995 relativas a períodos anteriores ou posteriores à data de inscrição, sofrerão incidência de  juros moratórios de 0,5% ao mês, capitalizados anualmente e multa de 10% e devem ser recolhidas, obrigatoriamente, por intermédio de GPS calculada e emitida pela Agência da Previdência Social.

Campo 11 – Total: Registrar o somatório dos campos 6 e 10.

A GPS de valor inferior a R$ 25,00 deve ser somada ao valor da contribuição ou importância devida do mês ou meses seguintes, até que o total seja igual ou superior a R$25,00 quando deverá ser recolhido no prazo de vencimento deste ultimo mês ou período devido, sem juros, multa, ou atualização monetária. 

Campo 12 – Autenticação Bancária:

Destinado a autenticação, pelo agente arrecadador, do valor recolhido.

A GPS deve ser paga até o dia 15 de cada mês, referente à contribuição do mês anterior, caso não haja expediente bancário no dia do vencimento, prorrogar o recolhimento para o dia imediatamente posterior.

O contribuinte deve verificar se o valor autenticado corresponde ao valor total da GPS, contido no Campo 11.

Clique a seguir para calcular sua contribuição e gerar a guia de recolhimento:


- se filiado até 29/11/1999.


- se filiado após 29/11/1999.